Jovem é morto no bairro Manoel Corralo

Autoria já foi apurada pela Polícia Civil. Suspeito deve se apresentar na delegacia, nos próximos dias

Escrito por
,
em
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um jovem de 18 anos foi morto a tiros ao meio-dia de ontem (29), na rua Caramuru, no bairro Manoel Corralo. Jean Maciel dos Santos Pacheco foi atingido por quatro tiros no peito, disparados por um antigo amigo, que se tornou desafeto há pouco tempo. O jovem chegou a ser socorrido por populares, ao Hospital da Cidade, mas não resistiu aos ferimentos.


Segundo informações da polícia, o fato ocorreu em via pública e foi assistido por todos os vizinhos. Tanto a vítima quanto o autor eram moradores do bairro e conviviam juntos, até que tiveram uma desavença. “Sempre que se encontravam havia implicância. Ontem eles se cruzaram e um deles atirou nas costas e no peito do outro”, conta o policial responsável pela investigação.


O atirador fugiu e testemunhas correram até uma oficina mecânica próxima para pedir socorro a um funcionário, que conduziu o ferido com seu próprio carro até o estabelecimento hospitalar. A Brigada Militar foi acionada para atender a ocorrência.


Já na delegacia, o pai da vítima informou que soube por testemunhas sobre a autoria do crime, mas que desconhece a motivação, porque o suposto autor seria amigo do filho. A equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) aguarda o suspeito, de 23 anos, se apresentar nos próximos dias para prestar depoimento. A vítima tinha passagens pela polícia como menor infrator.

Gostou? Compartilhe