Mãe e filha são vítimas de uma emboscada em Casca

Escrito por
,
em
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Civil de Casca investiga o assassinato de duas mulheres, ocorrido  na noite de domingo (14), no interior do município. Neusa Maria Rapkievicz, 56 anos, e Ana Paula Rapkievicz, 32, mãe e filha, foram mortas a tiros quando chegavam na propriedade rural onde moravam, na localidade de Capela Geral Velha, na estrada que liga Casca a São Domingos do Sul. 

O crime aconteceu por volta das 19 horas, quando elas foram alvejadas por vários tiros de revolver. A investigação está sob responsabilidade do delegado Vinicius Demartini, que atua como substituto em Casca. Ele esclareceu que a investigação ainda está na fase inicial, mas que nenhuma das mulheres tinha histórico de violência doméstica, e que por isso, está descartado a hipótese de feminicídio. Ele disse que já há uma linha de investigação bastante concreta, e que as duas mulheres foram vítimas de uma emboscada. “Desde que o crime aconteceu, diversas diligências foram feitas e algumas testemunhas  ouvidas, porém, como a investigação está em uma fase bastante inicial, não há possibilidade de divulgar  detalhes”, destacou Demartini. 

O trabalho de necropsia foi realizado na manhã desta segunda-feira (15). A missa de corpo presente de Neusa Maria Rapkievicz e Ana Paula Rapkievicz vai acontecer às 7 horas da manhã desta terça-feira, o sepultamento acontece em seguida no cemitério da comunidade Geral Velha, em Casca. 

Gostou? Compartilhe