Suspeito de estuprar a filha de apenas 10 anos é preso

Nos casos de estupro a identificação do autor não é divulgada

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Definido como violento, por seu histórico policial, um homem de 37 anos foi preso na tarde de ontem (06), por estupro de vulnerável. O suspeito pelo crime foi localizado no bairro Vera Cruz, pela Polícia Civil, através da equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Conforme informação da polícia, a violência era praticada contra a própria filha, uma menina de 10 anos, e foi descoberta ainda em 2017. Desde então o criminoso mudava de endereço para não ser encontrado. O mandado de prisão foi expedido pelo Poder Judiciário, que solicitou aos policiais prioridade ao caso, já que se tratava de um familiar. Após diligências, os policiais chegaram ao paradeiro do homem, que já tinha antecedentes por lesão corporal, ameaça, crime contra a honra e, inclusive, assaltos a pedestre. Ele foi conduzido até a delegacia e, posteriormente, encaminhado ao Presídio Regional.

 

Nos casos de estupro, especialmente envolvendo menores de idade, a identificação do autor não é divulgada, mesmo que com condenação, para que se preserve a identidade da vítima.

Gostou? Compartilhe