Polícia prende todos os envolvidos no assalto que resultou na morte da empresária Inês Ribeiro

Três homens foram presos por participação no assalto que aconteceu na manhã de quinta-feira em Ametista do Sul

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A polícia prendeu o terceiro envolvido no assalto a uma joalheria que resultou na morte da empresaria Inês Ribeiro, de  51 anos. O crime aconteceu na manhã de quinta-feira em Ametista do Sul. 

Durante o assalto, a proprietária da loja, foi atingida por um disparo de arma de fogo e morreu horas depois.  

Um dos envolvidos foi preso ainda durante a tarde de ontem próximo do local onde o veículo utilizado no crime foi incendiado, no interior do município. O segundo assaltante estava na residência de sua mãe, na localidade de Linha Alta, na mesma região, e foi preso por volta das 22 horas. Na tarde desta sexta-feira (03), a Polícia Civil realizou a prisão do terceiro homem na Delegacia de Polícia Civil de Frederico Westphalen, quando ele se apresentou na companhia de um advogado. Ele confessou ser o responsável pelo disparo que atingiu a nuca da empresária, alegando que o disparo foi acidental. 

As joias e todo o material levado da joalheria pelos assaltantes também foram recuperados pela polícia. 

Gostou? Compartilhe