Dois suspeitos de participação no desaparecimento de Paula Chaiane Perin Porte são presos

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Dois suspeitos de participação no desaparecimento de Paula Chaiane Perin Portes, 18 anos, foram presos preventivamente nesta segunda-feira, 13, a pedido do Ministério Público por descumprimento de ordem judicial. O promotor de Soledade,Bill Jerônimo Scherer,solicitou a decretação de prisão preventiva à Justiça porque os investigados descumpriram, a decisão judicial que proibiu que eles mantivessem entre si qualquer tipo de contato.

Neste domingo, 12, foram vistos juntos na casa de um deles, configurando risco de interferência na produção das provas. "É evidente que os investigados possuem total descaso para com o sistema de Justiça, porquanto demonstram, modo constrangedor, que não dão a menor importância às decisões judiciais que lhes impõe restrições", fundamentou o promotor, salientando a necessidade de prisão para evitar maior prejuízo à produção probatória e, sobretudo, às chances de localização da menina. A prisão foi solicitada ainda no domingo e a decisão prolatada pela juíza plantonista. Paula desapareceu em 11 de junho no município de Soledade.

Gostou? Compartilhe