Força-tarefa fiscalizou 89 denúncias no fim de semana

A população pode realizar as denúncias por telefone ou WhatsApp

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Com a pandemia do coronavírus, ações de fiscalização estão sendo realizadas para orientar e prevenir a população para não realizar aglomerações, festas, encontros e também o funcionamento dentro das regras estabelecidas pela bandeira vermelha, estipulada pelo governo do Estado no modelo de distanciamento social.

As equipes da Guarda Municipal, em conjunto com a Brigada Militar e a Polícia Civil, realizam uma força-tarefa para conter os excessos, visitando os estabelecimentos que estiverem abertos ou que foi motivo de denúncia.

Conforme o secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública, Ruberson Stieven, as equipes seguem mobilizadas para verificar as denúncias. “Na noite de sexta para sábado foram fiscalizados cerca de 40 locais, além de uma notificação em posto de gasolina que estava com movimento e pessoas sem máscara e aglomeração de pessoas”, disse Ruberson. Entre sexta e domingo foram 89 denúncias fiscalizadas. A maioria se tratava de aglomerações de pessoas e festas em residências, de acordo com Ruberson. Ele ainda ressaltou que a fiscalização segue durante a semana.

Na tarde de sábado (18), a força-tarefa realizou a fiscalização no centro da cidade, no comércio, para observar o cumprimento do decreto. Segundo Ruberson, aproximadamente 95% dos comerciantes estão dentro das normas estabelecidas. “O comércio entendeu e se adequou. Não tivemos problemas maiores com lojas”, disse.

No domingo (19), houve ação junto aos mercados pela parte da manhã e à tarde nas praças e parques da cidade. As equipes da Secretaria de Segurança Pública, agentes de trânsito e Brigada Militar realizam o atendimento das denúncias durante as 24 horas do dia.

Disque-denúncia

A Prefeitura de Passo Fundo, por meio da Secretaria de Segurança Pública, disponibiliza canais de comunicação para que sejam realizadas denúncias de descumprimento dos decretos voltados à prevenção do novo coronavírus. Além de atender a população pelo telefone (54) 3311-1195, passa a contar com o WhatsApp (54) 99963-1675 para mensagens.

Gostou? Compartilhe