Aproximadamente 22% dos apenados descumpriram prisão domiciliar em Passo Fundo

Por
· 1 min de leitura
A Operação Covid-148 teve início nesta semana em Passo Fundo

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Teve início nesta semana em Passo Fundo a Operação Covid-148, realizada pela Polícia Civil, Brigada Militar e Superintendência dos Serviços Penitenciários. Na primeira etapa, foram fiscalizados 148 apenados que tiveram suas prisões em regime aberto, semiaberto e fechado convertidas em prisão domiciliar em função da pandemia. Desses, 26 não estavam em suas residências e 8 forneceram endereços inexistentes - com isso, ao menos 22% dos apenados não cumprem a prisão domiciliar. Outros 16 estariam trabalhando - fato que ainda será averiguado. Conforme o titular da Draco, delegado Diogo Ferreira, alguns desses detentos são de alta periculosidade, “É suma importância que seja realizado um monitoramento constante, principalmente para prevenir novos delitos”, comentou ele. Outras etapas desta operação devem acontecer nos próximos dias. Além de Passo Fundo, estão sendo fiscalizados presos de Tapejara, Marau, Serafina Corrêa e Guaporé. 

Gostou? Compartilhe