Comando de Saúde nas Rodovias avalia motoristas

Evento aconteceu na quarta-feira no posto da Polícia Rodoviária Federal na BR-285

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Gerson Urguim/ON

O Comando de Saúde nas Rodovias é resultado de uma parceria realizada entre o Departamento de Polícia Rodoviária Federal e o SEST/SENAT, que desde 2006, promove campanhas educativas e preventivas nas principais rodovias do país, para avaliar e orientar os motoristas profissionais quanto ao seu estado de saúde.

Durante os eventos, são realizados diversos tipos de avaliações e exames, com verificação de doenças pré-existentes, uso de medicamentos impróprios, verificação de pressão arterial, glicemia, colesterolemia, trigliceridemia, acuidade visual e auditiva, campo visual, força manual, grau de sonolência, dentre outros.

No Rio Grande do Sul, o posto da Polícia Rodoviária Federal de Passo Fundo foi o local escolhido. Segundo o chefe operacional da 8ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal de Passo Fundo, Rodrigo Calegari, o evento teve por meta avaliar 200 condutores que trafegavam pela BR-285 durante a quarta-feira (17).
“No ano passado o evento também foi realizado em Passo Fundo e 170 condutores participaram”, disse.

A adesão dos motoristas é alta, mas ainda existem aqueles que recusam fazer a avaliação. “Em geral, eles se retraem um pouco durante a abordagem, mas depois eles percebem que são bem atendidos. Mas sempre existem aqueles que estão com pressa e não querem parar”, explicou Calegari.

Além da Polícia Rodoviária Federal e do Sest/Senat, também participaram do evento a Secretaria Municipal da Saúde e acadêmicos dos cursos de Enfermagem e Farmácia da Universidade de Passo Fundo, num total de 80 pessoas trabalhando para atender aos motoristas.

Os motoristas também receberam instruções em relação a doenças como a dengue, tétano, além de vacinas contra a hepatite b.

Segundo o diretor do Sest/Senat, Paulo Faccio, a iniciativa visa monitorar o estado de saúde dos motoristas nas estradas. “Normalmente o motorista não tem tempo de fazer esta avaliação de saúde, estão sempre trabalhando e não podem parar. Desta forma nós vamos até eles, que param aqui por alguns minutos e fazemos a avaliação”, afirmou.

Os motoristas atendidos demonstraram satisfação com o atendimento. “É interessante, pois não temos tempo para parar e cuidar da saúde, a não ser pagando. É uma coisa boa, já que estamos na estrada e achando que está tudo bem e podemos ter algum problema grave. Estou participando pela primeira vez e acho muito válido”, disse o motorista Antônio Ricardo, que mora em Passo Fundo.

Gostou? Compartilhe