Foragido é preso em Palhoça acusado de enviar drogas a Passo Fundo

Segundo investigações, organização criminosa movimentava cerca de R$ 800 mil com tráfico

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (23), em Palhoça/SC, acusado de pertencer a uma organização criminosa que movimentava cerca de R$ 800 mil com tráfico de drogas de Santa Catarina para Passo Fundo e região. Ele estava foragido desde dezembro de 2018. As investigações foram conduzidas pela Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) em conjunto com a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça. A prisão foi cumprida pelo DEIC do município catarinense.

 

O indivíduo havia sido investigado na operação Breaking Bad, deflagrada em 2018, em três fases, aonde foram presos mais de 20 traficantes de drogas e indiciados mais de 40 pessoas que tinham conexão com o litoral de Santa Catarina, de onde vinha parte das drogas (maconha e drogas sintéticas).

 

Durante toda investigação foram cumpridos mais de 40 ordens judiciais. Além disso, 45 gramas de cocaína, 15 kg de maconha, 40 gramas de crack, 707 pontos de LSD, 237 comprimidos de ecstasy, 17 gramas de MDMA, 25 tubos de lança perfume um porção de cocaína foram apreendidos.

Gostou? Compartilhe