Fugitivos do Pecar fazem selfie após fuga

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Os seis detentos da Galeria A que fugiram do Presídio Estadual de Carazinho (Pecar) na tarde de quarta-feira (2) tiraram uma selfie após terem deixado a a casa prisional. A foto, compartilhada nas redes sociais, mostra os detentos ainda sujos de barros e dentro de um carro. Não foi possível identificar em que carro estavam.  

 

Um vídeo, também atribuído aos detentos, mostra o momento em que um deles deixa a cela por meio do túnel.

 

Após a fuga, a Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e a Superintedência de Serviços Penitenciários (Susepe) transferiu nove apenados que estavam na cela 5 da galeria A. Nota não disse se eles mudaram de cela ou se foram para outra casa e destacou que a “instituição está tomando todas as providências para apurar exatamente o que ocorreu. O Serviço de Inteligência e a Corregedoria da Susepe estão trabalhando no caso.”

 

No momento, as visitas estão suspensas na casa prisional. A Brigada Militar segue nas buscas dos seis foragidos.

 

Fugiram:

 

— Jerri Adriani Tatim — Condenado a 6 anos e 8 meses de prisão por homicídio, roubo de veículos e estabelecimento comercial. 

— Selmar Roberto Lermen— Condenado a 22 anos e 5 meses de prisão por homicídio e tráfico de drogas.

— Dolcimar Luís Petró— Condenado a dois anos de prisão por furtos.

— Luís Diego Pinto — Responde por homicídio doloso, roubo à lotérica, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. 

— Tiago Henrique Kemmerich da Costa—  Responde por roubos e organização criminosa. 

— Maicon Douglas Lemos dos Santos — Responde por furtos e roubos. 

 

 

Gostou? Compartilhe