Homem morre em acidente depois de esfaquear companheira

A mulher foi socorrida ao hospital e não corre risco de morte

Por
· 1 min de leitura
Motociclista deixou a companheira ferida e saiu em direção à rodovia, onde colidiu frontalmente contra carreta

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um homem de 27 anos morreu no início da noite dessa terça-feira (30), depois de colidir a motocicleta que conduzia contra um caminhão, na ERS 324, em Passo Fundo. Minutos antes, ele tentou matar a namorada com facadas.


Segundo informações da polícia, Rafael Soares Santos brigou com a companheira e a esfaqueou durante um desentendimento. O fato ocorreu na esquina das ruas Alferes Rodrigues com Avenida Brasil, no Boqueirão. Após a grave briga, o namorado saiu do local tripulando uma motocicleta.
Enquanto Alana Teresinha Monteiro, 24 anos, era socorrida pelo Corpo de Bombeiros, as equipes de resgate e polícia receberam outro chamado, porém, informando sobre um acidente fatal. Ao atender a ocorrência, a polícia descobriu que o condutor da moto era o autor das facadas.


Ele morreu no local. Já a mulher foi encaminhada ao Hospital São Vicente de Paulo, onde passou por procedimentos cirúrgicos. Até o fechamento desta edição ela permanecia internada, mas sem risco de morte.


Inquérito policial
O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), já que ocorreu uma tentativa de feminicídio – quando a vítima é mulher. O inquérito policial já foi instaurado e apura as circunstâncias da morte no acidente.
De acordo com a delegada titular, Rafaela Bier, não havia registros anteriores referentes a violência doméstica, nem qualquer pedido de medida protetiva de urgência por parte da mulher.


Já em relação ao homem, a polícia trabalha com a hipótese de suicídio, já que o motociclista teria ligado para a mãe dele e informado que iria se matar. “De qualquer forma, a informação que temos sobre a colisão, é que ele invadiu a pista contrária, sem capacete, e atingiu o caminhão”, conclui. Após os procedimentos legais, o caso será remetido ao Poder Judiciário.

Gostou? Compartilhe