Jovem de Ibiaçá pode ter sido vítima de latrocínio

Corpo de Pablo Scariot, 27 anos, foi encontrado às margens da BR 153 com mãos algemadas e boca amordaçada

Por
· 3 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O clima de comoção tomou conta ontem, da pequena cidade de Ibiaçá, de aproximadamente 4,5 mil habitantes, localizada no norte do Estado. A morte do agricultor e empresário Pablo Scariot, de 27 anos, que aconteceu de forma trágica na noite de terça-feira, deixou familiares e amigos consternados. Pablo estava em Passo Fundo para tratar da suposta venda de uma caminhonete, quando desapareceu. Por volta das 20h, o corpo do jovem acabou sendo encontrado por um popular, às margens da BR 153, conhecida como Transbrasiliana. Ele tinha as mãos amarradas, a boca amordaçada e um tiro no rosto.

Centenas de pessoas estiveram na Funerária Consoladora, na tarde de ontem, onde aconteceu o velório. A missa de corpo presente aconteceu no Seminário Nossa Senhora Consoladora e o sepultamento no Cemitério Municipal de Ibiaçá.

Durante o velório amigos e familiares realizaram manifestações de carinho a Pablo. O moto clube Rota 467, do qual Pablo fazia parte prestou uma homenagem, estendendo uma faixa em frente ao local onde acontecia o velório: “Você partiu, mas a amizade que um dia nos uniu para sempre viverá nos nossos corações. Descanse em paz”. Nas redes sociais muitas pessoas também prestaram homenagens a Pablo. “Não é de acreditar meu amigo, agora só nos resta saudade dos bons momentos, das brincadeiras e risadas! Descanse em paz meu irmão!”, relatou uma dos amigos. O jovem foi descrito como uma pessoa tranquila e que gostava de ajudar os amigos.

 

O Crime

A Polícia Civil de Passo Fundo investiga a morte de Pablo Scariot. O corpo foi encontrado na noite de terça-feira (4) na BR 153, aproximadamente 3,5 km do entroncamento com a BR 285, em Passo Fundo.

Segundo o registro policial o corpo estava sobre um  barranco, com as mãos amarradas com lacres plásticos e envoltas em fita adesiva, além de estar com a boca amordaçada, também com fita. Durante a perícia no local, os técnicos do IGP constataram o disparto de arma de fogo na altura do olho direito.

 Em depoimento para a polícia, um familiar da vítima relatou que Pablo, teria viajado 70 quilômetro, de Ibiaçá até Passo Fundo para vender uma caminhonete, modelo  Toyota Hilux,  placas ISV0H08 de cor preta. Na carroceria do veículo havia e uma motocicleta Honda CBR 1000 placas NMI0H77. Os veículos não haviam sido localizados até o fechamento desta edição.

Pelos relatos de familiares, o rapaz teria saído de Ibiaçá por volta das 12h para se encontrar com o suposto comprador da caminhonete em Passo Fundo. Pablo, segundo informações, costumava realizar esse tipo de negociação via internet. Entretanto, o encontro acabou sendo transferido para às 18h. O último contato do rapaz com a família teria sido poucos minutos depois. Na conversa,  teria dito que havia retirado a moto da oficina e a carregado na carroceria da caminhonete.

 

Latrocínio é a principal linha de investigação

Responsável pelas investigações, o delegado Diogo Ferreira, da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – DRACO, destacou que a principal linha de investigação é o latrocínio (roubo seguido de morte).

“O fato de a vítima ter sido amarrada e amordaçada não descarta a possibilidade de ter sido um homicídio, mas como ele teve os veículos roubados, nos dá a linha de investigação principal de latrocínio. Não é incomum acontecerem casos onde as vítimas de latrocínio são encontradas amarradas e amordaçadas, e as circunstâncias deste crime nos dão este indicativo”, comentou o delegado Diogo Ferreira.

Ontem, durante todo o dia, investigadores da Polícia Civil realizaram uma série de diligências em Passo Fundo, para saber qual foi o roteiro de Pablo na cidade de Passo Fundo. Os policiais buscaram imagens de câmeras de vigilância de locais onde a vítima teria passado para entender o que aconteceu.

O delegado destacou que é muito importante que qualquer informação sobre este crime seja direcionadas para a Delegacia de Homicídios ou DRACO por meio do telefone (54) 996772244. Uma foto da caminhonete e da moto roubadas foi divulgadas pelos órgãos de segurança com o objetivo ajudar na captação de informações sobre os autores do crime.

Gostou? Compartilhe