Madeira sem liberação do Ibama é furtada de propriedade rural

Por
· 1 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Trinta e quatro toras de madeira foram furtadas de uma propriedade rural de Cirícaco, no sábado (1). O caso só foi registrado na terça-feira (3). As madeiras, de cinco metros de cinco metros de comprimento cada e aguardavam autorização do Defap/Sema, órgãos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para ser transportada.

 

De acordo com o Boletim de Ocorrências, registrado pela vítima, de 48 anos, haviam 50 toras na propriedade da sua família. O homem se ausentou da propriedade e, quando retornou, no final de semana, constatou o furto.

 

Não há vizinhos na região e a vítima disse para o registro que acredita que a madeira tenha sido levada de caminhão, devido ao peso e tamanho.

 

Gostou? Compartilhe