Polícia fecha boca que funcionava em bar de Passo Fundo

Usuário identificou local para agentes

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um homem e uma mulher foram presos na noite de quarta-feira (23) em uma boca de fumo que funcionava junto a um bar no beco do Sétimo Céu, em Passo Fundo. Ele era segurança do local e estava com um revolver calibre 38 na cintura. No local foram apreendidas drogas e materiais sem procedência.

 

A polícia chegou até o ponto por volta das 20h30, após abordar um usuário que identificou o espaço.

 

Segundo o Boletim de Ocorrências, o homem estava na entrada do beco com um revólver calibre 38 municiado e com numeração raspada. Durante revista também foi encontrado em seu bolso um pequeno pote de plástico com 78 pedras de crack, além de uma quantia em dinheiro.

 

Os policiais entraram no bar e encontraram a mulher. No bolso da jaqueta dela, de acordo com o registro policial, estavam 10 pedaços de maconha embalados, prontos para a venda.

 

Em um armário, dentro do bar, também foram encontrados 20 gramas de cocaína escondidas em um pote de goma de mascar, 46 gramas de maconha e R$ 1,5 mil em dinheiro, em outro pote.

 

Ao lado do bar havia um barraco onde estavam diversos aparelhos sem procedência.

 

Durante as buscas, duas usuárias de drogas chegaram ao local. Ambas foram conduzidas até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) como testemunhas, por comprarem entorpecentes com os detidos.   

 

Segundo a Brigada Militar, moradores do local disseram que os indivíduos presos e outros que conseguiram fugir da abordagem “tomaram conta daquela área” e que eram “extremamente agressivos com os moradores”, andando armados e dizendo que “a polícia não entrava no beco”.

 

Eles agradeceram aos policiais e pediram que a presença da Brigada Militar fosse mais frequente no local.

 

Foram apreendidos um revólver da marca Taurus, calibre 38, nove cartuchos calibre 38 intactos; um rádio comunicador; um aparelho de DVD; uma serra circular; um módulo de som; dois pacotes de cigarro do Paraguai fechados; um pacote de cigarro do Paraguai aberto; dois rolos de papel alumínio; um Tablet; cinco celulares de marcas diferenciadas; um televisor; R$ 1.631,25 em dinheiro e as drogas.

Gostou? Compartilhe