Presídio: Briga termina em morte

Disputa de poder motivou a briga que deixou um presidiário morto e outros três feridos

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Um apenado do regime fechado morreu ao meio-dia desta quinta-feira (10), no Hospital da Cidade, depois de ser alvejado com golpes de faca, no pátio da casa prisional. Ari Rafael Reveilleau, de 33 anos, conhecido como “Ari Bunda” ou “Ari Gordo”, se envolveu em uma briga por disputa de poder.

De acordo com informações da polícia, existe uma desavença entre dois grupos que estão presos: os alojados na Galeria A e os presos da Galeria B. Foi no momento em que as facções se encontraram no pátio, por volta das 07h40, que a confusão iniciou. Os homens usaram facas produzidas dentro do presídio, para se agredirem. “Os agressores foram direto no alvo, que era o Ari, e acabaram ferindo outros dois homens, amigos dele, que estavam junto”, explica o chefe de investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Desaparecidos, Volmar Menegon.

As armas estavam escondidas no pátio, prontas para serem usadas em um momento de desavença. Aproximadamente 30 facas artesanais foram apreendidas depois que o tumulto foi contido. Os feridos, todos com diversas passagens por roubo, foram socorridos para o Hospital da Cidade. Um deles, precisou ser submetido a intervenção cirúrgica, devido ao profundo corte nas costas.

No início da tarde, outro apenado chegou ao hospital com ferimentos de faca nas costas e cabeça. Dos três que permaneceram vivos, dois foram ouvidos pela polícia e relataram como ocorreu o fato, entretanto, não quiseram identificar os autores. “Apesar de eles não colaborarem com a investigação, já temos o nome de quatro envolvidos, que devem responder por tentativa de homicídio e homicídio qualificado”, declara.

 Notícias relacionadas

10/12- 9h50: Tumulto no Presídio Regional após tentativa de homicídio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou? Compartilhe