Operação Policial desarticula quadrilha que aplicava golpes em produtores rurais

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ONDivulgação/ON
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Mais de 30 policiais participaram na manhã desta quarta-feira da operação “Mão na Graxa”, que desarticulou uma quadrilha que aplicava golpes em produtores rurais e empresas vinculadas ao agronegócio. A operação foi desenvolvida pela Delegacia de Polícia de Ernestina, coordenada pela Delegada Rafaela Bier e pelo Inspetor Rafael Amaro. Eles investigam há cerca de quatro meses a ação criminosa, período no qual prenderam dois indivíduos e recuperaram diversos insumos agrícolas.

A organização criminosa era comandada de dentro do sistema prisional, de onde, com o uso de celulares, os autores articulavam toda uma cadeia de crimes de estelionato. Todo o golpe se dava através de supostas compras de matéria prima direto do produtor rural, que, para suposta emissão de nota fiscal, fornecia aos golpistas foto de documentos pessoais e do bloco de produtor rural. Assim, de posse de tais documentos, os criminosos adquiriam fertilizantes, defensivos agrícolas, ferramentas de alto custo, combustíveis e toneladas de aveia, alfafa e calcário. A quadrilha agia em todo o Estado do RS e, segundo apurado até o momento, estava expandindo a atuação para o Estado de São Paulo, lesando as vítimas em mais de cem mil reais.

A operação policial teve apoio das delegacia de Passo Fundo, 1°DP, 2°DP, DHPP, DPCA e DRACO.

Gostou? Compartilhe