Quadrilha do tráfico planejava dois homicídios em Carazinho

Polícia cumpriu madados de busca e apreensão em Passo Fundo e Soledade

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Civil de Passo Fundo, desencadeou na tarde desta terça-feira (11) a Operação Peralta. O objetivo da ação policial foi cumprimento de seis mandados de busca e apreensão, e a prisão de dois indivíduos pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, em Passo Fundo e Soledade. Durante as buscas ainda foi apreendido um adolescente por tráfico de drogas. Em outro endereço, os policiais encontraram porções de maconha, 30 munições calibres 38 e 22.

A investigação descobriu planos criminosos articulados por um detento, que na época dos fatos (maio de 2020) estava recolhido no Presídio Estadual de Soledade, mas que é natural de Passo Fundo. Este detento comandava parte do tráfico de drogas em Passo Fundo. Ele negociava a droga na cidade, quem iria entregar, quem receberia, e posteriormente, em quais pontos de tráfico a droga seria vendia. A negociação era feita direto com traficantes de Passo Fundo que estão residindo na fronteira com o Paraguai.

Durante as investigações, os policiais descobriram que este detento estava planejando dois homicídios na cidade de Carazinho. Os executores seriam de Passo Fundo e os alvos eram traficantes de uma facção contrária. Os executores estavam organizando de onde iriam pegar as armas de fogo, bem como os veículos para utilizar nos crimes. 

Nove pessoas são investigadas por pertencerem a esta organização criminosa. Durante as investigações, dois destes investigados foram presos em flagrante pela PRF trazendo para Passo Fundo 50 quilos de maconha. Além disso, outro investigado está foragido.

Gostou? Compartilhe