Família de criança baleada na cabeça recebe ajuda de amigos

Grupo iniciou uma Vaquinha Virtual e também pede doação de sangue

Por
· 1 min de leitura
Divulgação / PC Divulgação / PC
Divulgação / PC

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Permanece em estado grave no Hospital São Vicente de Paulo a criança de um ano e oito meses atingida por uma bala perdida na noite de sexta-feira (21), em Passo Fundo. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ela não precisa mais de ventilação mecânica, porém seu estado ainda é considerado grave. 

Amigos da família iniciaram uma vaquinha virtual para ajudar com custos hospitalares e de logística. O endereço para doações pode ser acessado por meio do link: http://vaka.me/1320766. Uma campanha também está pedido doações se sangue, que podem ser feitas no serviço de hemoterapia do HSVP. 

Na tarde de quarta-feira, (26), a Polícia Civil de Passo Fundo, através da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, coordenada pela delegada Daniela de Oliveira Mineto, prendeu preventivamente o autor do disparo que atingiu a criança. O preso, que possui extensa ficha de antecedentes criminais, confessou em depoimento ter realizado três disparos de arma de fogo. Ele alegou que os disparos tinham como alvo dois indivíduos que lhe abordaram em via pública com uma faca na mão. O suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional de Passo Fundo e permanecerá à disposição da Justiça.

A família da criança chegava em casa na noite de sexta-feira (21), e, ao passar pela esquina da rua Jairo Gasparotto Lemos com a Giavarina, no bairro São Luiz Gonzaga, um disparo atravessou o vidro traseiro do carro. A bala atingiu a cabeça do menino, que estava no banco traseiro com a mãe e o irmão, de quatro anos. O carro era conduzido pelo pai dos menores, que seguiu imediatamente para o Hospital São Vicente de Paulo. 

Gostou? Compartilhe