Incêndio em salas comerciais foi provocado por faísca de solda

Havia muito material inflamável no prédio

Por
· 1 min de leitura
Os bombeiros seguem trabalhando no local (Foto: Gerson Lopes/ON)Os bombeiros seguem trabalhando no local (Foto: Gerson Lopes/ON)
Os bombeiros seguem trabalhando no local (Foto: Gerson Lopes/ON)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma faísca de solda provocou um incêndio em um conjunto de salas comerciais no começo da tarde desta sexta-feira (4) em Passo Fundo. O fogo começou pouco depois do meio dia no centro comercial, que fica localizado na rua Carlos Gomes, bairro São Cristóvão.

De acordo com o funcionário de uma empresa, que pediu para não ser identificado, o fogo iniciou quando ele realizava um trabalho de solda em uma estrutura de ferro para caixa d'água. Uma faísca atingiu uma espuma que havia no local e o fogo se espalhou rapidamente.

Três salas foram atingidas pelo fogo, duas delas estavam em funcionamento e uma estava desocupada. No prédio funcionavam uma academia de artes marciais e de pilates. Não há registro de feridos na ocorrência.

Três salas foram atingidas pelo fogo (Foto: Gerson Lopes)

Dezoito bombeiros trabalham no combate e vinte mil litros de água já foram utilizados. Eles chegaram a usar a reserva técnica do edifício Dom Guilherme. O local é de dificil combate por ser confinado, segundo o sargento Marcio Maggioni. Havia muito material inflamável no prédio, como madeira e isopor utilizado como isolante térmico e acústico, o que provocou muita fumaça. A preocupação do bombeiros era evitar que o fogo atingisse prédios vizinhos. Durante a tarde, um foco provocou mais chamas. Os bombeiros seguem trabalhando no local.

Gostou? Compartilhe