Advogado procurado pela PF já está no site da Interpol

Conforme informações da Polícia Federal, o advogado Mauricio Dal Agnol estaria nos Estados Unidos

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O nome do advogado Mauricio Dal Agnol  já aparece no site da Interpol, o órgão de polícia internacional. De acordo com informações da Polícia Federal, ele estaria no exterior.  Ele é suspeito de liderar uma quadrilha que se apropriou de R$ 1,6 milhão de indenizações que clientes teriam direito a receber de ações judiciais. Mas podem ultrapassar os R$ 100 milhões. 

Relembre o caso

A Polícia Federal desencadeou na manhã de hoje, 21 de fevereiro, a Operação Carmelina, com o objetivo de desarticular organização criminosa formada principalmente por advogados e contadores que pode ter lesado mais de 30 mil pessoas no Rio Grande do Sul em valores que superariam 100 milhões de reais. Policiais federais cumprem oito mandados de busca e apreensão em escritórios de advocacia e de contabilidade e em uma residência, nos municípios de Passo Fundo e Bento Gonçalves/RS, além de um mandado de prisão preventiva. 

A polícia apreendeu do advogado um avião Phenom 300, fabricado pela Embraer. Ele é considerado um dos melhores do mundo em sua categoria. E custa cerca de US$ 8,5 milhões. Além disso contas bancárias e alguns imóveis foram bloqueados. 


Leia também

Organização pode ter lesado mais de 30 mil pessoas
PF tem mandado de prisão contra Maurício Dal Agnol

Gostou? Compartilhe