Oficiais da Brigada Militar vão buscar equiparação com carreiras jurídicas

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Redação/ON

Com uma grande presença de oficiais da ativa e da reserva foi realizado um encontro no Clube Farrapos, em Porto Alegre, na última quinta-feira (4) em que os integrantes da oficialidade da Brigada Militar decidiram priorizar como luta da categoria a conquista da isonomia salarial com as carreiras jurídicas do Estado.

Durante a reunião, o presidente da ASOFBM, Tenente Coronel José Carlos Riccardi Guimarães, abriu a palavra para manifestação de todos os oficiais, no sentido de ouvir sugestões de encaminhamentos e ações.

Com pronunciamentos duros, houve até oficiais que se disseram dispostos a enfrentar, não só o severo regulamento disciplinar da BM como também consequências ainda mais severas na busca de vencimentos dignos. Diante do quadro dramático, deliberou o presidente que nova reunião será marcada nos próximos dias para definir o conjunto de ações que a categoria deverá por em prática, não só para ser levada ao Governo do Estado, bem como a fim de sensibilizar a sociedade, que é quem mais sofre com os problemas pelos quais atravessa a segurança pública.

Conforme Riccardi Guimarães, a fala dos oficiais no encontro será incorporada ao discurso do presidente da ASOFBM. Ele ressaltou a necessidade de união de todos os integrantes da oficialidade, em especial, dos que estão na ativa, no comando das Unidades e frações da Brigada Militar não só da Capital, mas de todo o interior do Estado.

Gostou? Compartilhe