Polícia frustra plano de resgate de presos em Sarandi

Dinamite seria usada na madrugada desta segunda-feira (14), para explodir uma das paredes do Presídio Estadual

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/BMDivulgação/BM
Divulgação/BM

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Brigada Militar prendeu integrantes de uma organização criminosa que planejava o resgate de detentos do Presídio Estadual de Sarandi. A ação aconteceu na madrugada desta segunda-feira (14), após o setor de inteligência da polícia receber informações de que uma organização criminosa estaria planejando um resgate de presos no presídio, e que um veículo estaria aproximando para dar suporte. Por volta das 2h40min, os policiais viram o veículo suspeito se aproximando. Dois homens desembarcaram e entraram no pátio do Presídio. O automóvel estacionou duas quadras longe do local. 

Os policiais abordaram o veículo e os homens ao mesmo tempo. Com eles foi localizado um pé de cabra e brocas para confecção de buracos e rompimento de cadeados. No carro estavam duas mulheres, uma menor de idade. Com elas havia uma balança de precisão, sete buchas de cocaína, uma porção de maconha, e três celulares.

O objetivo do grupo era fazer um furo na parede interna, e na sequência seria utilizada dinamite para que a fuga fosse concretizada. Um quinto suspeito, que também participaria da ação, não foi localizado.

A guarnição da Força Tática juntamente com agentes da Susepe, efeturam remoção e remanejamento de presos para realizar uma revista nas celas, sendo apreendidos nove celulares e um carregador portátil.

A mulher e os dois homens foram presos e adolescente apreendida. Eles foram apresentados, juntamente com objetos apreendidos, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Sarandi. 

Gostou? Compartilhe