Visitas em presídios são suspensas por mais 15 dias

Em Passo Fundo, há três detentos confirmados com Covid-19 e um caso é suspeito

Por
· 1 min de leitura
Arquivo/ONArquivo/ON
Arquivo/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A Seapen e a Susepe promoveram, nesta quinta-feira (17), atualização da Nota Técnica, prorrogando por mais 15 dias, a contar desta sexta-feira (18), a suspensão de visitas presenciais nos estabelecimentos prisionais do Rio Grande do Sul. O novo prazo se esgota no dia 3 de outubro, podendo ser novamente prorrogado, dependendo da evolução da pandemia em território gaúcho.

Segundo o boletim da Secretaria da Administração Penitenciária disponibilizado nesta quinta-feira, na cidade de Passo Fundo, três detentos foram confirmados com Covid-19, ele estão em acompanhamento, além disso, há um caso suspeito. 

As visitas presenciais, no sistema prisional gaúcho, foram suspensas em 23 de março, como forma de prevenção à disseminação do Coronavírus. Em 8 de abril, foi instituída a modalidade de televisita, como forma de mitigar o distanciamento ocasionado pela suspensão das visitas presenciais. O sistema já funciona em dois terços das casas prisionais do Rio Grande do Sul. 


Gostou? Compartilhe