Visitas em presídios são suspensas por mais 15 dias

Em Passo Fundo, há três detentos confirmados com Covid-19 e um caso é suspeito

Por
· 1 min de leitura
Arquivo/ONArquivo/ON
Arquivo/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A Seapen e a Susepe promoveram, nesta quinta-feira (17), atualização da Nota Técnica, prorrogando por mais 15 dias, a contar desta sexta-feira (18), a suspensão de visitas presenciais nos estabelecimentos prisionais do Rio Grande do Sul. O novo prazo se esgota no dia 3 de outubro, podendo ser novamente prorrogado, dependendo da evolução da pandemia em território gaúcho.

Segundo o boletim da Secretaria da Administração Penitenciária disponibilizado nesta quinta-feira, na cidade de Passo Fundo, três detentos foram confirmados com Covid-19, ele estão em acompanhamento, além disso, há um caso suspeito. 

As visitas presenciais, no sistema prisional gaúcho, foram suspensas em 23 de março, como forma de prevenção à disseminação do Coronavírus. Em 8 de abril, foi instituída a modalidade de televisita, como forma de mitigar o distanciamento ocasionado pela suspensão das visitas presenciais. O sistema já funciona em dois terços das casas prisionais do Rio Grande do Sul. 


Gostou? Compartilhe