Criança atingida por bala perdida tem alta hospitalar

Autor se apresentou à polícia e confessou o disparo

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Depois de 33 dias internado no Hospital São Vicente de Paulo em Passo Fundo, teve alta na tarde de quarta-feira (23), o garoto Erick Boeira, de um ano e nove meses, que foi atingido por uma bala perdida em Passo Fundo. 

Ele deixou o hospital durante a tarde e foi para a casa da avó. A família optou em não levar o garoto para a sua residência, pois seu quadro inspira cuidados, e na casa da avó, ele terá outros familiares para auxiliar no atendimento necessário. Erick tem dificuldade para se movimentar e vai precisar passar por um tratamento com fisioterapeuta.

No dia 21 de agosto, ele foi atingido por um tiro na cabeça quando o veículo da família passava em uma rua próxima da residência da família. Erick mora com seus pais e um irmão, no bairro São Luiz Gonzaga. Quando a mãe percebeu que a criança estava ferida, ela foi levada imediatamente para o hospital. 

Cinco dias depois do crime, um homem de 31 anos se apresentou para a polícia e confessou ser o autor do tiro que atingiu o garoto. O homem disse que andava próximo à esquina das ruas Giavarina com a Jairo Gasparotto Lemos, quando foi ameaçado por outras duas pessoas. Para se defender, ele atirou três vezes, sendo que um dos tirou atingiu o veículo em que a criança estava. 

Gostou? Compartilhe