Brigada Militar e Justiça Eleitoral vão desenvolver ações integradas

Segundo comandante do CRPO Planalto, coronel André Idalmir Savian Giuliani, além da violência causada pela rixa entre candidatos, também devem ser coibidos crimes eleitorais

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ONDivulgação/ON
Divulgação/ON

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O período de campanha eleitoral iniciou no último domingo (27), e com ele também inicia um período de maior atenção para os órgãos de segurança. Até o dia 15 de novembro, dia do pleito que vai definir os prefeitos e vereadores que estarão na gestão dos municípios brasileiros para os próximos quatro anos, a Brigada Militar vai desenvolver uma série de ações específicas para o combate à criminalidade. 

Segundo o Comandante do CRPO-Planalto coronel André Idalmir Savian Giuliani, nos próximos dias devem acontecer reuniões com representantes da Justiça Eleitoral das comarcas da região de Passo Fundo para alinhar ações conjuntas. Ele explica que o principal foco é garantir o cumprimento das determinações da Justiça Eleitoral, e desta forma evitar abusos. 

O comandante esclareceu que há também uma preocupação grande em relação à violência que pode ser gerada em algumas situações específicas. “O que mais nos preocupa é a questão da violência causada pelas rixas entre os candidatos. Podem acontecer ações criminosas como depredação e violência, além disso, também nos preocupa questões relacionadas ao abuso, e mesmo a compra de votos, e vamos ficar atento para evitar e coibir ações neste sentido”, explicou coronel Giuliani. 

Até o próximo dia 15 de novembro, quando acontece o pleito, O CRPO Planalto também deverá estar averiguando denuncias de abusos de forma integrada com a Justiça Eleitoral, nos 83 município da sua região de abrangência.

Gostou? Compartilhe