Seguem as buscas pela médica que desapareceu em Erechim

Agentes do DEIC estão na cidade deste ontem (17), e reforçam as investigações sobre o desaparecimento de Tamires Gemelli da Silva Mignoni

Por
· 1 min de leitura
Arquivo Pessoal/ Divulgação Arquivo Pessoal/ Divulgação
Arquivo Pessoal/ Divulgação

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Duas equipes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) estão em Erechim para auxiliar nas investigações que tentam desvendar o desaparecimento da médica Tamires Gemelli da Silva Mignoni, ocorrido na manhã de sexta-feira (16).

Parte dos policiais chegou ao município durante a madrugada e o restante na manhã deste sábado (17).

A ginecologista desapareceu por volta das 11h30min, logo após sair do trabalho na UBS do bairro Aldo Arioli e os fatos apontam que ela teria sido raptada quando chegou ao seu carro, um Chevrolet Equinox, que estava estacionado do outro lado da rua.

Mais tarde o veículo foi localizado abandonado o bairro Copas Verdes e a polícia seguiu trabalhando na investigação ininterruptamente.

A polícia não divulgou nenhuma informação ou nota oficial à respeito do caso, mas fontes indicam que veículos suspeitos de terem participado do fato foram apreendidos e algumas pessoas estão sendo ouvidas. 

Gostou? Compartilhe