Acusado de latrocínio em Carazinho é encontrado morto no presídio

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Um homem de 28 anos foi morto no final da tarde desta quarta-feira (18), no Presídio Estadual de Carazinho (PECAR). Ele havia sido preso durante a manhã, durante uma operação que envolveu a Polícia Civil e a Brigada Militar, que investigava um latrocínio durante a madrugada desta quarta-feira (18).

Por volta das 18 horas os agentes penitenciários encontraram o homem sem vida e com diversas perfurações de arma branca.

Ele é o suspeito de ser o autor no latrocínio que vitimou Nelci Brizola Machado de 83 anos, na rua Silva Jardim, em Carazinho. Após o roubo, a casa foi incendiada e a idosa morreu carbonizada. Outras duas pessoas foram presas, mas foram liberadas depois de ouvidas pela polícia. 

Gostou? Compartilhe