Três pessoas são condenadas pelo assassinato de indígena

Condenados efetuaram disparos contra um grupo de cem outros indígenas no pátio do ginásio municipal de Charrua

Por
· 1 min de leitura
Foto: Divulgação/MPFFoto: Divulgação/MPF
Foto: Divulgação/MPF
Você prefere ouvir essa matéria?

O Ministério Público Federal (MPF) obteve no último dia 18, em sessão do Tribunal do Júri que contou com a atuação do procurador da República em Passo Fundo (RS), Fredi Éverton Wagner, a condenação de três indígenas pelo homicídio do também indígena Zacarias Lalau. Ele foi morto em setembro de 2017, por disparo de arma de fogo, no pátio do ginásio poliesportivo municipal de Charrua (RS).

O Conselho de Sentença acolheu os argumentos do MPF e os três réus foram condenados pelo homicídio. Os condenados, moradores da Terra Indígena Ligeiro, efetuaram disparos contra um grupo de cem outros indígenas que se encontravam no pátio do ginásio municipal, impossibilitando a defesa da vítima e colocando em risco a vida de outras pessoas, segundo argumentou o Ministério Público.

A sessão plenária do Júri teve início às 9 horas da manhã e foi encerrada após a meia-noite, no foro da Justiça Estadual em Passo Fundo, em 18 de novembro.



Gostou? Compartilhe