Psicóloga é assassinada em Quatro Irmãos

O corpo da mulher, de 55 anos, foi encontrado dentro de um automóvel na área rural do município

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Civil está investigando o assassinato da psicóloga Carmen Nunes, 55 anos. O corpo da mulher foi encontrado no final da tarde de terça-feira (29), nas proximidades do Cemitério do Combate, na divisa entre os municípios de Quatro Irmãos e Erebango.

O delegado responsável pela investigação, Marino Franceschi, titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Erechim, que está respondendo interinamente pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, contou que a polícia foi chamada até o local após ser informada de que teria ocorrido um suposto acidente de trânsito e haveria um carro fora da estrada.

Ao se aproximarem, os policiais perceberam vestígios de disparos de arma de fogo no veículo. No interior carro estava o  corpo da psicóloga. A área foi isolada para levantamento pericial e o corpo encaminhado para exames. O carro, de propriedade da vítima, também foi recolhido para perícia. A polícia ouviu algumas pessoas ainda na noite de terça-feira (29), e também nesta quarta-feira(30), e segue com a investigação. “Se trata de um homicídio, mas até o momento não tem indicação que seja um feminicídio, que envolva questão de gênero”, disse o delegado para a imprensa.

Carmen Nunes, era psicóloga e prestava serviços para a prefeitura de Quatro Irmãos, além de uma empresa particular em Getúlio Vargas. 


Gostou? Compartilhe