Entidades lamentam morte do general do Exército Geraldo Antonio Miotto

Ex-comandante do Comando Militar do sul também esteve à frente do 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado sediado em Passo Fundo

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Morreu no começo da noite de quarta-feira (20), vítima de complicações decorrentes de Covid-19, o general do Exército Geraldo Antonio Miotto, de 65 anos, ex-comandante do Comando Militar do Sul. Órgãos de segurança de Passo Fundo divulgaram notas lamentando seu falecimento, e lembrando que ele atuou no comando do 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado que teve o município como sede.

Desde o anúncio oficial da sua morte, feita ainda na noite de quarta-feira pelo Comando Militar do Sul, entidades divulgaram notas oficiais lamentando e prestando solidariedade aos familiares e amigos. A Brigada Militar divulgou em suas redes sociais: “A BM se solidariza com a família, amigos e Exército Brasileiro além de agradecer os excelentes serviços prestados pelo General que sempre defendeu a BM e externou seu apreço e respeito por nossa Instituição. Finalizamos esta nota como rotineiramente o General Miotto se despedia em nossas publicações: AÇO!”.

O 3° Batalhão de Polícia de Choque, com sede em Passo Fundo, também divulgou uma nota lamentando o falecimento do general. “Em nome do 3°BPChq, Unidade da Brigada Militar sediada no antigo quartel do Exército, que foi uma de suas unidades do coração, prestamos nossas condolências e continência pelo exemplo de Militar, comandante e guerreiro pela pátria brasileira”.

O comando do 3° RPMon, também sediado em Passo Fundo, prestou sua homenagem em sua página oficial: “Manifestamos nosso respeito e pedimos a Deus que traga conforto aos corações enlutados pela perda”. A Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul se manifestou por meio das suas redes sociais. “Militar destacado, Gen Miotto trilhou brilhantes carreira no Exército Brasileiro, onde ingresso em 1972, deixando sua marca de competência e carisma em todo o Brasil”.

O general foi sepultado na tarde desta quinta-feira (21), no município de gaúcho de São Marcos, sua terra natal. Os atos fúnebres foram acompanhados pelo vice-presidente da República Hamilton Mourão.


Gostou? Compartilhe