Passo Fundo começa no sábado caminhada rumo a Série A1

Tricolor aposta em grupo experiente para chegar à elite do futebol Gaúcho

Por
· 3 min de leitura
Divulgação/ECPFDivulgação/ECPF
Divulgação/ECPF
Você prefere ouvir essa matéria?

A bola vai rolar para um dos mais disputados campeonatos regionais do Brasil. O Campeonato Gaúcho de Futebol – Série A2, inicia neste fim de semana com 16 clubes disputando as duas vagas na elite do futebol gaúcho de 2022.

A estreia do Passo Fundo acontece sábado (14), às 15h, diante do Cruzeiro, em Cachoeirinha. O Passo Fundo começa a competição com um único objetivo: a conquista do título. E para atingir essa meta, o clube montou um elenco experiente, com qualidade técnica e que passou por um longo período de pré-temporada.

O técnico do Passo Fundo Júlio César Nunes comenta que a expectativa para o início da competição é muito boa. “Tivemos um tempo bom para preparar os jogadores nos aspectos físicos, técnicos e psicológico. É claro que sabemos que o ritmo de jogo vai vir durante a competição, lá pela terceira ou quarta rodada, mas consideramos que a preparação foi muito boa”, disse ele.


Pandemia

A pandemia não chegou a impactar negativamente na preparação do clube. Entretanto o técnico esclarece que havia a intenção de fazer quatro amistosos durante os 44 dias de preparação, porém, devido a alguns casos de Covid nos clubes adversários, foi possível fazer apenas dois, um diante do Ypiranga e outro contra do Grêmio. O salto destas duas partidas foi considerado positivo pelo treinador. “Conseguimos criar uma identidade muito rápido, e isso é importante. Foram amistosos sólidos, onde não sofrendo defensivamente, e tivemos bastante equilíbrio”, comentou Júlio. Nos amistosos o Passo Fundo venceu o Ypiranga por 2 a 0 e o Grêmio Sub19 por 3 a 2.

O técnico destaca que, tão importante quanto o trabalho realizado em campo, foi o processo de montagem do elenco. As contratações tiveram como critérios básicos, a qualidade técnica do jogador, e a experiência de já ter disputado essa competição.

O fato de a Série A 2 (antiga Divisão de Acesso) deste ano não ser disputada na mesma época da Série A1 (antiga Divisão Especial), acabou disponibilizando mais jogadores no mercado. “Será a competição com grau de dificuldade muito alto. Todos os clubes têm condições de subir, mesmo as equipes com investimentos menores podem acabar surpreendendo”, disse o treinador.


Presidente optou em otimizar investimento

O presidente do Esporte Clube Passo Fundo, Volnei Trapason, destacou que o clube foi buscar investimentos para montar uma equipe competitiva e o único pensamento é buscar o título da competição. “O pensamento é ser campeão do Gauchão Série A2, tentamos selecionar muito bem os atletas, e com isso, contratamos menos profissionais, procurando ter mais qualidade. Trouxemos 16 atletas e durante os treinos vamos completar o elenco com a base”, enfatizou.


Poder de investimento

O presidente destaca que o Passo Fundo conseguiu fazer um bom investimento na competição, entretanto, o trabalho está sendo árduo para levantar recursos para equilibrar as contas do clube. “Felizmente a cidade abraçou o Passo Fundo esse ano, e conseguimos fechar bons patrocínios, porém, está sendo necessário fazer eventos como venda de cachorro-quente, rifas e promoção de eventos para auxiliar nas despesas”, disse ele.

A expectativa de Volnei é que seja liberado o público durante a competição, pois a bilheteria é uma renda fundamental para a grande maioria dos clubes que disputam a Série A2. O Passo Fundo seria um incremento ainda maior na renda, pois o clube conseguiria colocar em prática a venda dos planos de sócios.

“Nossa projeção é atingir os dois mil sócios, mas para isso é necessário a liberação do público nos estádios. Hoje contamos com aproximadamente 400 sócios”, comentou.


Temporada cheia

Volnei comenta que o calendário desta temporada será muito apertado para o Passo Fundo. O clube confirmou a participação na Copinha e deverá utilizar principalmente os atletas da base para disputar essa competição. A parte final da Série A2 será disputada de forma paralela com a Copinha. “Vai ficar muito apertado, especialmente se conquistarmos o acesso, pois a Copinha vai encerrar no dia 19 de dezembro, sendo que no dia 13 de janeiro já vai iniciar o Gauchão Série A1” explicou.


Tabela de jogos de Agosto


14/08 – Cruzeiro X Passo Fundo

17/08 – Passo Fundo X Igrejinha

21/08 – Passo Fundo X União

28/08 – Glória X Passo Fundo


Elenco do Passo Fundo:

Goleiros

Yan (Gaúcho/Passo Fundo)

Lúcio (Rio Preto/SP)

Carlão (Ypiranga/RS)


Laterais

Léo Rodrigues (Formosa/GO)

Mizael (Noroeste/SP)

Otávio (Santa Cruz/RS)


Zagueiros

Negretti (Hercílio Luz/SC)

Murilo (Resende/RJ)

Wagner (Jaraguá/GO)

Gustavo Miranda (Passo Fundo/RS)


 Volantes

Maylon (Passo Fundo/RS)

Thiago Costa (Patrocinense/MG)

Roger (Próspera/SC)


Meias

Leandro Canhoto (Pinheiro/MA)

Adilson (Passo Fundo/RS)

Vinicius Baiano (Concórdia/SC)


Atacantes


Túlio Renan (Ferroviária-SP)

Jhonatan Ribeiro (Sertãozinho/SP)

Luiz Thiago (Noroeste/SP)

Fogaça (Santa Cruz/RS)

Jônatas Obina (Operário/MS)

Matheus Weissheime (Corinthians/SP)


Comissão técnica

Técnico - Júlio Cesar Nunes;

Auxiliar - Pedro Evandro Francke;

Analista de Desempenho - Tiago Guilherme Paloski;

Fisiologista - Elton Loureiro;

Massagista - Edir Eloi

Preparador de Goleiros - Leonardo Magna

Roupeiro - Rodrigo

Gostou? Compartilhe