PCdoB lança pré-candidatura de Manuela d Ávila à presidência

O evento também comemorou os 96 anos do partido

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O PCdoB lançou a pré-candidatura da deputada estadual Manuela d’Ávila à presidência da República. O evento também celebrou os 96 anos do partido, a ser comemorado neste domingo (25). Em seu discurso, Manuela falou da importância da democracia e sobre porque defende que Lula participe das eleições deste ano, “as pessoas me perguntam por que defendo o direito de Lula ser candidato, se ele é meu adversário. Mas nós não somos um partido que desdenha as ideias que contemplam. Eles (que orquestraram o golpe) falam que nós não gostamos de democracia. Mas eles que não gostam. Não gostam do voto. Não gostam de eleição. E não vão ganhar em 2018 e, por isso, vão agir no 'tapetão'”.


Manuela aproveitou a oportunidade para falar sobre a importância do papel do Estado para o povo, “parece inusitado que, em pleno 2018, tenhamos que dizer que não se pode entregar nossa indústria energética. Porque nós queremos gerar empregos para poder gerar riquezas para o povo brasileiro".


A senadora Vanessa Grazziotin, presente ao evento, frisou o papel de porta-voz de Manuela frente ao PCdoB, “o Rio Grande do Sul, que é terra de Getúlio Vargas e de tanta gente importante para o Brasil, também é terra de Manuela d'Ávila. E a Manuela tem sido a nossa porta voz na defesa da democracia". O ato, que lotou o auditório da FETRAFI, também contou com diversas manifestações artísticas entre os discursos.

Gostou? Compartilhe