Partidos buscam alternativas após decisão de Luciano

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Diante do atual cenário, os partidos pensam alternativas para apresentar nomes com potencial eleitoral. A última vez que a cidade contou com um candidato eleito a nível nacional foi nas eleições de 2010, com o ex-deputado Beto Albuquerque. Contudo, o então parlamentar deixou o cargo para assumir a posição de vice-presidente da candidata Marina Silva, em decorrência da morte do candidato a presidência Eduardo Campos, na corrida eleitoral de 2014. Passo Fundo completa então, neste ano, o equivalente a um mandato sem representante político em âmbito federal.


O PSB, partido de Luciano ainda não definiu se vai apresentar um nome em substituição a Luciano. Segundo o presidente do diretório municipal, Alexandre Rodrigues, está confirmada a candidatura do vereador Saul Spinelli a deputado estadual. O PDT já havia oficializado, ainda no ano passado, a pré-candidatura do ex-prefeito Airton Lângaro Dipp a deputado estadual e do vereador Marcio Patussi a deputado federal, conforme o presidente Celmiro Mesquita. Enquanto isso, o PSDB aponta dois nomes como possíveis candidatos à Assembleia Legislativa: Evandro Zambonato e o vereador Mateus Wesp, mas sem indicações para federal. O presidente municipal do PP, Júlio Oliveira, confirmou a pré-candidatura do procurador do Estado Rodinei Candeia a deputado federal. Partidos como o PT, MDB, PTB e DEM ainda não definiram as candidaturas, o que deve ocorrer nos próximos dias.

Gostou? Compartilhe