Vereador propõe que município crie o Programa Troca Solidária

De acordo com o vereador, a Prefeitura estaria levando comida saudável para a mesa de famílias carentes e o lixo reciclável seria levado para as associações de recicladores

Escrito por
,
em
Aristeu Dalla Lana

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O vereador Aristeu Dalla Lana (PTB) protocolou uma Indicação que sugere a criação do Programa Troca Solidária. A iniciativa seria desenvolvida pelas secretarias municipais do interior, ação social, meio ambiente, associações de moradores e associação de recicladores, que, formando uma equipe de trabalho, conscientizariam a comunidade a descartar corretamente objetos reutilizáveis a fim de beneficiar quem precisa. A ideia é que, ao invés de as pessoas descartarem pertences como eletrodomésticos, móveis, roupas, entre outros objetos, em lugares inadequados, os mesmos sejam trocados por alimentos. Esses alimentos seriam adquiridos junto aos pequenos agricultores do município, seguindo, assim, a cada mês, um cronograma com um determinado bairro a ser atingido pelo Programa.


De acordo com o vereador, a Prefeitura estaria levando comida saudável para a mesa de famílias carentes e o lixo reciclável seria levado para as associações de recicladores, onde seriam desmanchados, reformados ou reaproveitados e, após selecionados, teriam o local próprio para a venda, com a renda destinada às famílias recicladoras. “É uma cadeia que será desenvolvida pelos diversos segmentos e todos sairemos ganhadores, principalmente o meio ambiente e as pessoas carentes do nosso município”, disse Dalla Lana.

Gostou? Compartilhe