PSB assina requerimento para investigar Petrobras

A desvalorização da Petrobras é outra preocupação dos parlamentares socialistas.

Por
· 1 min de leitura
Líderes do partido assinaram requerimento

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Os líderes do PSB na Câmara e no Senado Federal, Beto Albuquerque (RS) e Rodrigo Rollemberg (DF), assinaram, na tarde desta terça-feira (25), requerimento para a instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) destinada a investigar a compra da refinaria da Petrobrás em Pasadena, no estado americano do Texas, em 2006. Com isso, os líderes liberaram suas bancadas para também assinarem o documento. O negócio foi reconhecido como um fracasso empresarial. A empresa brasileira pagou US$ 1,18 bilhão no empreendimento, valor 30 vezes maior que o preço real de mercado. A desvalorização da Petrobras é outra preocupação dos parlamentares socialistas. O uso político da empresa é apontado por especialistas como a principal causa das perdas, que tiveram como consequência o afastamento dos investidores. A Petrobras vale hoje R$ 179 bilhões, menos da metade dos R$ 380 bilhões que valia em 2010.

Beto Albuquerque (RS) enfatizou a posição do PSB de defender a investigação de todos os fatos que envolvam a estatal brasileira para evitar o “sangramento da empresa e de seus profissionais”. “Não vamos ficar entre a guerra de versões e interpretações e entre os que querem omitir o debate. Tem gente que não quer explicar, só quer eleitoralizar o assunto e nós queremos explicações que até agora não foram dadas”, afirma Beto. No Senado, o PSB aprovou convite à presidente da Petrobras, Graça Foster, e ao ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, para prestar esclarecimentos sobre a compra da refinaria em Pasadena. Os requerimentos, apresentados pelo senador Rollemberg, foram aprovados na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e também na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O senador Rollemberg e outros parlamentares também levaram pessoalmente ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, uma representação para que o processo de compra da refinaria seja investigado. “Essa é uma questão extremamente grave e envolve uma instituição que é patrimônio de todos os brasileiros. A melhor forma de proteger a Petrobras é colocar luzes em todo esse processo”, acredita o senador.

Gostou? Compartilhe