Câmara retoma sessões plenárias presenciais

Por
· 2 min de leitura
Sessões foram retomadas na tarde de quarta-feira (Foto: Comunicação/Câmara)Sessões foram retomadas na tarde de quarta-feira (Foto: Comunicação/Câmara)
Sessões foram retomadas na tarde de quarta-feira (Foto: Comunicação/Câmara)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A tarde de ontem (2) foi marcada pelo retorno das Sessões Plenárias de forma presencial. Com isso, os vereadores voltaram a realizar as sessões no Plenário Sete de Agosto, segundas e quartas, seguindo os devidos protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

O presidente da Câmara, vereador Saul Spinelli (PSB), relembrou a última Sessão Plenária presencial, realizada no último dia 18 de março. Ele salientou que na semana seguinte a Câmara já começou com as sessões de forma remota, devido ao início da quarentena pela pandemia da Covid-19 e foi uma das pioneiras no país.

O parlamentar reforçou sobre a manutenção dos trabalhos e a organização das equipes em rodízio de trabalho para não deixar a comunidade sem assistência. Ele ainda frisou que vários projetos foram discutidos e aprovados, além de ações como a formação de parcerias junto a universidades como a Universidade de Passo Fundo (UPF) e IMED. Por fim, Saul observou sobre a importância da retomada dos trabalhos presenciais na Casa Legislativa de forma gradual, com todas as adaptações às questões sanitárias.

Nesta Sessão, o parlamentar Renato Tiecher (PSC) foi o orador do Grande Expediente, onde usou o espaço para abordar o período entre março e agosto deste ano em que foram realizadas as sessões online. O vereador ressaltou os desafios enfrentados pelo Parlamento para adaptar as discussões das matérias, além da realização das reuniões das comissões em modo remoto.

A pauta foi seguida no Parlamento onde foram discutidas matérias de autoria da Mesa Diretora. Um Projeto de Lei (PL) que reconhece a prática de atividade física e do exercício físico como essenciais para a população de Passo Fundo. Outro PL debatido autoriza o Executivo a firmar parcerias com empresas visando dar aos estudantes de baixa renda do município acesso a computadores para que estes possam ter aulas online.

Na Ordem do Dia, os vereadores aprovaram de forma unânime o Projeto de Lei nº 26/2020, de autoria do vereador Paulo Neckle (MDB). Ele trata da possibilidade de autorizar a manutenção ou a ampliação dos benefícios previstos na legislação para as empresas que, por necessidade, passaram a exercer atividades no setor de serviços, de forma exclusiva ou conjugada. Segundo a justificativa da matéria, a crise já existente, potencializada pela pandemia da Covid-19, faz com que muitos empreendedores acabem buscando alternativas para tentar manter seu empreendimento ativo.

Em virtude de vigorar a Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde restringe a exposição dos representantes do Legislativo Municipal, as Sessões Plenárias não serão mais transmitidas ao vivo até o término do período eleitoral. Com isso, elas serão disponibilizadas na TV Câmara e no Youtube.

A sessão desta quarta será exibida nesta quinta-feira (3), às 20h20min após o Jornal da Câmara e reprisada nesta sexta-feira (4). As sessões de segunda-feira serão transmitidas às terças, no mesmo horário após o jornal, sendo reprisadas nas quartas, pela canal 16 da NET ou pelo aplicativo da TV Câmara Passo Fundo, que pode ser instalado de graça no Google Play Store.

Gostou? Compartilhe