As propostas de Eduardo Leite para o RS

Confira os principais itens propostos pelo candidato do PSDB nas áreas de economia, saúde, segurança e educação

Por
· 2 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Sobre o eixo de uma gestão sustentável, a defesa dos corte de gastos e revisão dos incentivos fiscais. Os planos de governo desta edição são do candidato pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Eduardo Leite. Outras bandeiras defendidas pelo ex-prefeito de Pelotas é a qualidade de vida e o desenvolvimento empreendedor. As propostas de Leite ocupam a segunda publicação da série de O Nacional, que mostra os planos e metas dos políticos que pretendem o cargo de chefia no Piratini. 

 

Assim como José Ivo Sartori, o primeiro candidato desta série, Leite também não tocou no assunto do parcelamento de salários em sua proposta encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A candidatura aguarda homologação. As ideias foram resumidas a partir de quatro assuntos: economia, saúde, segurança pública e educação. Para conferir o material completo e as propostas do candidato em outras áreas, basta acessar o site DivulgaCand2018. Nos próximos dias, você confere as estratégias de Jairo Jorge, Júlio Flores, Matheus Bandeira, Miguel Rossetto, Paulo de Oliveira Medeiros e Roberto Robaina.


ECONOMIA
• Reduzir custos e aplicar as vedações previstas no Regime de Recuperação Fiscal;
• Estabelecer o teto dos gastos públicos;
• Revisão da previdência pública estadual;
• Vigiar permanentemente os passivos contingentes que podem gerar obrigações financeiras no curto e longo prazo e agravar a debilitada situação das finanças públicas;
• Possível corte de cargos comissionados na Administração Pública do Estado;
• Revisão dos incentivos fiscais e benefícios tributários;
• Reforçar medidas de captação de recursos no exterior;
• Promover a recuperação da dívida dos contribuintes com o fisco estadual e reduzir o estoque da dívida do Estado com pessoas físicas e jurídicas;

 

EDUCAÇÃO
• Promessa de remuneração justa com plano de carreira que estimule o ingresso de docentes;
• Melhorar a infraestrutura das escolas
• Universalizar o acesso, promover a permanência e consolidar o sucesso do ensino com novas tecnologias/metodologias e trabalhando valores, competências e habilidades.
• Estabelecer metas e indicadores que consigam avaliar e proporcionar ações corretivas efetivas para a melhoria da gestão da educação;


SAÚDE
• SUS Conectado, Instituição do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde, com base em um sistema que congregue informações importantes e determinantes e condicionantes em saúde, com objetivo de tomar decisões estratégicas, para se obter resultados para melhorar a saúde da população;
• Programa de Fortalecimento da Prevenção das Doenças Sexualmente Transmissíveis e Doenças Transmissíveis;
• Programa de Fortalecimento do Cuidado das Pessoas com Sofrimento em Saúde Mental e com problemas decorrentes do uso de drogas;
• Atenção especializada no âmbito do SUS, de média e alta complexidade, caracteriza-se por um conjunto de procedimentos;
• Regionalização e hierarquização das ações de saúde.
• Promover melhoria do acesso e da qualidade do atendimento na rede de urgência e emergência;
• Qualificação e padronização da relação de medicamentos essenciais;
• Mediação Extrajudicial. Evitar que as pessoas ou famílias tenham de recorrer ao poder judiciário para ter suas necessidades de saúde atendidas;
• Enfrentamento a fraudes. Força tarefa para promover medidas que inibam a cobrança de preços indevidos e práticas ilegais em procedimentos de alto custo especialmente;


SEGURANÇA PÚBLICA
• Ações de prevenção da violência
• Ações integradas entre os órgãos de segurança
• Valorização dos servidores da segurança pública
• Utilização de tecnologia e outros sistemas de inteligência policial
• Implementar novo sistema de registro de ocorrências (OCR) e ampliar delegacias nas áreas em que há maior concentração de casos
• Criação de novas vagas no sistema prisional e fortalecimento de controle para repressão das facções.

Gostou? Compartilhe