Ministério Público de Erechim condena ex-gerente por apropriação de dinheiro público

?"rgão apura ainda o enriquecimento ilício por parte da ex-funcionária pública

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Ministério Público Federal em Erechim, através da Procuradora da República Letícia Benrdt, obteve a condenação de uma empregada pública acusada de se apropriar de R$ 50 mil reais em dinheiro de que tinha a posse em razão do cargo que ocupava, até sua demissão em 20 de agosto de 2015.

Por meio de inquérito civil, o MPF busca agora apurar eventual prática de ato de improbidade administrativa na modalidade de enriquecimento ilícito  por parte da ex-gerente da Agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT)

Gostou? Compartilhe