Governo municipal de Tapejara presta contas de 2017

Ele lançou ainda, novos projetos em mobilidade urbana aos empresários

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Com o intuito de informar a comunidade sobre obras, projetos e ações realizadas até o momento e, também, discutir assuntos que influenciarão de forma significativa na infraestrutura de nossa cidade, foi realizada na noite de ontem, terça-feira (3), uma Prestação de Contas de 2017 e o lançamento de novos projetos que serão desenvolvidos.

 

O evento aconteceu no Clube Comercial de Tapejara, em parceria com o Sindilojas, e contou com a presença dos empresários, entidades e autoridades locais.

 

Inicialmente o vice-prefeito e secretário da Saúde, Marcos Davi Bacega, mostrou dados sobre as realizações de 2017. Em seguida, o arquiteto da Prefeitura, Geisson Brusso, apresentou as propostas de projetos para os próximos anos, os quais irão mudar, consideravelmente, à mobilidade urbana tapejarense.

 

Geisson explicou que o Município de Tapejara está cadastrado no Programa Avançar Cidades e busca financiamento de 15 milhões para realizar investimentos em ruas da cidade, principalmente na Avenida Sete de Setembro, a qual será toda remodelada.

 

Posterior, o prefeito Vilmar Merotto, mostrou o projeto de ampliação do asfaltamento que ligará, através de anel rodoviário, a ERS 467 (Ibiaçá) à ERS 463 (Coxilha) no lado norte da cidade, numa extensão total de 13,1km.

 

O próximo passo será formar uma comissão que irá discutir as alterações necessárias no projeto inicial.

 

Ainda, durante a noite, o Sindilojas, através de seu presidente Sirinei Panizzon, apresentou propostas e demandas à administração municipal.

 

“Tudo o que propomos é pensando no futuro de Tapejara e seu crescimento correto, mas para a realização dessas obras precisamos desse dinheiro. Continuamos em busca junto ao governo federal para que seja liberado o mais breve possível. O centro de Tapejara ficará de cara nova, dentro dos padrões técnicos e pensando, principalmente, em sustentabilidade”, frisou o prefeito Merotto.

Gostou? Compartilhe