Composteiras orgânicas são instaladas em escola de São José das Missões

A escola instalará em breve uma estufa para produção de hortaliças, legumes e frutas, para uso na alimentação escolar

Por
· 1 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

A equipe do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de São José das Missões desenvolveu um trabalho teórico-prático sobre saneamento básico. A atividade foi proposta pela professora Naiani Peruzzo e realizada com a turma do quinto ano da Escola Estadual de Ensino Médio Castro Alves e faz parte do projeto para a Feira do Conhecimento da escola, que tem como título “Sustentabilidade, reciclagem e coleta seletiva”.
Uma palestra destacando sobre a correta separação dos resíduos, a devolução de embalagens de agrotóxicos, a coleta seletiva, a reciclagem e a compostagem foi ministrada pela equipe da Emater/RS-Ascar, que também fez a instalação de um modelo de composteira doméstica próxima à horta da escola. Esse sistema de compostagem permite o descarte de resíduos orgânicos e a sua transformação em composto orgânico.

 

“O objetivo da atividade foi promover o conhecimento, bem como mostrar na prática um sistema sustentável, barato, eficiente e prático de compostagem. O sistema de compostagem demonstrado consiste no uso de bombonas plásticas onde são colocados restos de comida, cascas de frutas, folhas e demais resíduos orgânicos para serem decompostos (pela ação de minhocas e demais microrganismos) e gerarem húmus para utilização diversa. Este sistema é de fácil instalação em áreas urbanas e rurais e, por possuir vedação, não atrai vetores e não produz odores. É um eficiente método de compostagem orgânica”, explicou o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Mairo Piovesan.

 

A escola instalará em breve uma estufa para produção de hortaliças, legumes e frutas, para uso na alimentação escolar. Na horta, será utilizado o composto orgânico oriundo das composteiras como fertilizante orgânico. A Emater/RS-Ascar capacita as comunidades e as famílias para o descarte consciente dos resíduos, bem como para adoção do uso da compostagem como forma de reduzir o envio de resíduos orgânicos para os aterros sanitários, além de produzir insumos orgânicos de maneira sustentável para uso nas propriedades familiares.

Gostou? Compartilhe