7ª CRE passa a ter três escolas em turno integral

A comunidade do bairro Bom Jesus será uma das beneficiadas

Por
· 1 min de leitura
Escola Wolmar Salton (Ciep) é a primeira escola de Passo Fundo da rede estadual a oferecer turno integralEscola Wolmar Salton (Ciep) é a primeira escola de Passo Fundo da rede estadual a oferecer turno integral
Escola Wolmar Salton (Ciep) é a primeira escola de Passo Fundo da rede estadual a oferecer turno integral

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

As escolas de ensino fundamental, Wolmar Antônio Salton (Ciep), do bairro Bom Jesus, em Passo Fundo, e Engenheiro Luiz Englert, de Sertão, devem passar, ainda no primeiro semestre de 2014, a oferecer turno integral para seus alunos. O anúncio feito pelo governador Tarso Genro, na manhã de sexta-feira, incluiu outras 21 escolas do Rio Grande do Sul. Com a mudança, a 7ª Coordenadoria Regional de Educação passará a ter três escolas nessa modalidade. A terceira é a 29 de outubro, na cidade de Pontão, que já atende em turno integral desde o ano passado.

A proposta pedagógica em construção prevê para as escolas de tempo integral matriz curricular que incorpora a reestruturação curricular que vem sendo feita na Educação Básica da rede estadual pela Secretaria Estadual de Educação, com a perspectiva da educação integral, como é o caso do trabalho por áreas do conhecimento (linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas). A carga horária será de oito horas diárias. A base curricular prevê formação geral (áreas do conhecimento) e atividades curriculares integradoras obrigatórias e optativas.

“As escolas de turno integral trabalham com todos os componentes curriculares integrados. É uma proposta nova que resgata a educação de qualidade. Estamos iniciando este processo. Até 2020 teremos 50% das nossas escolas funcionando neste sistema” avalia a coordenadora da 7ª CRE, Marlene Silvestrin.
Pelo novo sistema, as disciplinas obrigatórias incluem iniciação aos estudos da pesquisa, leitura e produção textual, experiências matemáticas, educação em direitos humanos, atividades artísticas e culturais, atividades esportivas e motoras e estudos monitorados. As optativas são agroecologia, memória histórica da comunidade, educação para a paz, cultura digital/informática educacional e línguas.

“Este é um momento de celebração. Os avanços obtidos são extraordinários. Criamos as condições, fizemos investimentos, mas reconheço nos alunos, professores e servidores os sujeitos da recuperação e dos resultados alcançados”, declarou o governador Tarso Genro.

O cronograma para implantação do tempo integral inclui formação para representantes das equipes diretivas das 23 escolas, na primeira semana de abril, mês em que deverá ser efetivada a contratação e destinação dos recursos humanos necessários.

Gostou? Compartilhe