Cooperativa e Emater realizam reunião sobre Projeto Nutre Brasil

A Cooperativa está sendo assistida pela Emater para a realização do Projeto Nutre Brasil, que visa à qualificação da gestão e inserção destas cooperativas e empreendimentos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

CotRepresentantes da Cooperativa Tritícola Sananduva Ltda (Cotrisana) estiveram reunidos com os técnicos da Emater/RS-Ascar, a administradora Angélica Albrecht e o contador Jhonantan Imlau, que estão trabalhando com a Chamada Pública SAF/ATER, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A Cooperativa está sendo assistida pela Emater para a realização do Projeto Nutre Brasil, que visa à qualificação da gestão e inserção destas cooperativas e empreendimentos no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

O objetivo da reunião, realizada esta semana, foi apresentar a sistematização das informações coletadas por meio de um diagnóstico. Os dados apresentados dizem respeito à infraestrutura física, técnica, produtiva e comercial da Cotrisana. De acordo com a administradora da Unidade de Cooperativismos de Erechim, Angélica Albrecht, as informações proporcionam embasamento para o corpo técnico da Emater elaborar um Plano de Aprimoramento, com indicações de melhorias em áreas específicas, visando à identificação, solução ou melhoria das áreas diagnosticadas.

Participaram da reunião, na sede da Cotrisana, em Sananduva, o vice-presidente Celso Prando, os responsáveis pelos setores de vendas, de contabilidade, de produção e de marketing da cooperativa, Paul Oorts, Maristela Adona, Rosimar Morello e Aline Scheid, respectivamente. O Projeto Nutre Brasil é uma estratégia de atuação formulada pela Secretaria da Agricultura Familiar (SAF) do MDA para incentivar e apoiar a implementação do artigo 14 da Lei 11.947/09 nos grandes municípios e Secretarias Estaduais de Educação, onde a demanda por produtos da agricultura familiar é maior. O artigo prevê que 30% do total dos recursos financeiros destinados à aquisição de gêneros alimentícios para a alimentação escolar devem ser provenientes de produtos da agricultura familiar ou de suas organizações. Conforme dados disponibilizados pelo MDA, o Nutre Brasil atende até o momento 110 Entidades Executoras do PNAE, localizadas em 13 Estados, sendo 30 no RS.

“É fundamental a atuação da extensão rural, visando contribuir nos processos de articulação e implementação de ações que buscam o fortalecimento da agricultura familiar por meio de estratégias comerciais coletivas no PNAE”, avaliou a administradora da UCP de Erechim da Emater, Angélica Albrecht.

Gostou? Compartilhe