Tapejara receberá mais uma viatura Duster para a Brigada Militar

Prefeito salienta que mais importante seria aumentar o efetivo policial

Por
· 1 min de leitura

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Município de Tapejara irá receber mais uma viatura Renault Duster para a Brigada Militar. A conquista é resultado da votação tapejarense no Processo de Participação Popular e Cidadã (PPC), 2012/2013, na busca por melhoria nas condições da segurança pública do município. A entrega será realizada nesta sexta-feira, dia 19, em Porto Alegre juntamente com outros 13 municípios contemplados,

A reivindicação, no entanto, é para que Tapejara receba mais policiais para atuarem no município. No mês de julho, o prefeito Seger Luiz Menegaz encaminhou um ofício ao secretário Estadual de Segurança Pública, Sr. Airton Michels, solicitando mais efetivo para o município devido ao aumento da criminalidade na cidade que tem preocupado a comunidade. Em resposta, um comunicado esclareceu que não existe previsão para que mais policiais sejam transferidos para o município e o 3º Batalhão de Operações Especiais de Passo Fundo (BOE) está à disposição “principalmente em eventos da região”, comunicou o chefe de gabinete do comandante geral da BM, Cel. José Carlos Albino.

 Policiais de Tapejara estão atuando fora do município

A situação do efetivo da Brigada Militar de Tapejara é extremamente precária. Hoje conta com apenas 16 servidores, sendo que destes apenas 14 estão disponíveis para as atividades administrativas e de policiamento, incluído o Comandante, quando o adequado seria de 29 Policiais Militares.

Importante destacar que três Policiais Militares que pertencem ao efetivo de Tapejara e serviam a comunidade de Tapejara até pouco tempo, estão em outras funções e não nas de policiamento ostensivo que é atribuição prioritária da Brigada Militar. Um está adido e à disposição do presidente da Assembleia Legislativa deputado Gilmar Sossela, um está adido e à disposição do vice governador do Estado e um à disposição da Força Tarefa dos Presídios (Presídio Central), sem que houvesse a reposição desse efetivo que ora está indisponível. 

 
Gostou? Compartilhe