Chocolate não agrava surgimento de acne

Para dermatologistas o alimento só deve ser restrito em casos pontuais

Por
· 1 min de leitura
O chocolate não é o vilão da PáscoaO chocolate não é o vilão da Páscoa
O chocolate não é o vilão da Páscoa
Você prefere ouvir essa matéria?

A relação do consumo de chocolate com o agravamento da acne é um tema oportuno, que ganha destaque nesta época da Páscoa. E há uma boa notícia para quem gosta de consumir chocolate: não há evidências significativas de que o alimento possa agravar o surgimento de acnes na pele. A informação é da e secretária-geral da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS, Ana Paula Manzoni.  “O que já foi constatado é que alimentos de alto índice glicêmico podem, sim, promover uma piora da acne. Destes produtos, o mais apontado é o leite. Geralmente, a restrição do consumo do chocolate só ocorre para pacientes que observam o surgimento da acne após ingerir o alimento, mas não pedimos a sua exclusão somente pelo fato de ter a condição”, explica a dermatologista. Isso significa que o alimento apenas deve ser restrito em casos pontuais. Menos preocupação com os ovos de chocolate, mais atenção com o tratamento da acne, que deve iniciar o mais cedo possível. A orientação é procurar um especialista logo que as lesões iniciarem. Caso já existam cicatrizes elas podem ser tratadas através de vários métodos que melhoram a qualidade de vida dos pacientes.

Gostou? Compartilhe