Novo lote de testes rápidos para Covid-19 será direcionado a idosos sintomáticos

Até agora os exames eram dirigidos a profissionais da saúde e da segurança pública.

Por
· 1 min de leitura
Foto: Divulgação/SESFoto: Divulgação/SES
Foto: Divulgação/SES
Você prefere ouvir essa matéria?

Com a chegada de um novo lote com mais 85 mil testes rápidos anticorpos para detecção de Covid-19, a Secretaria da Saúde (SES) passou a priorizar, a partir de sexta-feira (24), também a testagem da população de idosos sintomáticos. Até agora os exames eram dirigidos a profissionais da saúde e da segurança pública.

O governador Eduardo Leite disse, em sua transmissão ao vivo diária, que o “governo tem uma política, uma estratégia de testes para coronavírus, com diversas ações complementares”. Ele lembrou que uma remessa de testes rápidos foi enviada para a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) realizar a pesquisa de amostragem para fins de gestão da crise sanitária, como a decisão sobre o isolamento controlado e sustentável no Rio Grande do Sul.

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, informou que, com esse novo lote, o Estado soma o recebimento de 130 mil testes rápidos vindos do Ministério da Saúde. O envio dos testes para os municípios seguirá critérios como número de habitantes e quantidade de casos confirmados.

O exame de anticorpos atesta a presença do vírus a partir de dez dias depois do início dos sintomas. Para a realização, é necessária a coleta de apenas uma gota de sangue. O resultado fica pronto em até 20 minutos e detecta a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o coronavírus.


Gostou? Compartilhe