Conhecendo as lentes de contato dental

Materiais são utilizados para correções estéticas ou funcionais

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

As lentes de contato estão, inicialmente, associadas aos olhos. Mas existem as lentes de contato dental que, pelo resultado estético, também ajudam no visual. Isso ocorre através de tratamentos com alto poder de transformação da forma e da cor do sorriso. São finíssimas lâminas de porcelana que se aderem sobre a superfície do dente com a finalidade de corrigir problemas estéticos como alinhamento e cor dor dentes. A Dra. Renata Spode, cirurgiã-dentista na Clínica Prodonto e especialista em Prótese Dental com foco em Odontologia Estética, explica que, além das lentes de contato dental, existem as facetas de porcelana e as facetas de resina composta. É importante salientar, que a exata indicação do material e método que deverá ser usado em cada situação, deverá passar pela análise criteriosa do profissional que está planejando o tratamento.

 

Diferentes materiais
As diferenças relevantes entre as resinas e as porcelanas estão relacionadas à resistência, ao desgaste e às fraturas, assim como a estabilidade da cor. As porcelanas têm maior dureza e lisura superficial, o que garantem a este material uma durabilidade muito maior do que as resinas. Estudos indicam que trabalhos realizados com lentes ou facetas de porcelana apresentam conservação satisfatória em 97% dos casos após 10 anos na boca. Já as resinas após dois anos começam apresentar desgaste e alteração de cor, exigindo reparos ou substituição do trabalho. Porém as resinas são de confecção mais rápida e custo bem inferior aos trabalhos em porcelana.

 

O tratamento
Nos casos de desgastes severos dos dentes, como nos casos de bruxismo, pode ser indicada a recobertura de todos os dentes. Já nos tratamentos puramente estéticos, será feita uma análise individual para cada situação. Esses tratamentos atualmente tem uma abordagem muito conservadora, o que torna o tratamento pouco invasivo e consequentemente pouco doloroso ou desagradável. A evolução dos materiais e das técnicas tem sofrido um desenvolvimento importante o que simplifica e facilita cada vez mais esses tratamentos.

 

Cuidados e sensibilidade
Lentes de contato e facetas de porcelana não requerem cuidados adicionais com relação à alimentação. Você pode comer sem nenhuma restrição com as facetas de porcelana porque elas não descolam ou fraturam. Já as facetas em resina são mais frágeis e requerem cuidados especiais. É por isso que as facetas em resina são indicadas para recobrimento de dentes que possuem as pontas íntegras e necessitam de poucas modificações. Mas sempre se recomenda, inclusive como cuidado para os dentes naturais, que tenhamos critérios e cuidados como evitar roer unhas ou morder objetos duros como tampas de canetas, não abrir embalagens com os dentes. Essas lentes não alteram a sensibilidade, pois as sensações de sabor ou temperatura dos alimentos acontecem através da língua e das mucosas.

 

Impacto no visagismo
As mudanças no sorriso causam um impacto na comunicação visual da pessoa e essas mudanças podem ser muito positivas se elas forem de encontro ao jeito de ser ou ao efeito que se deseja causar. Sendo assim, ainda que as linhas do novo sorriso sejam muito bonitas, se não se identificam com o estilo de ser de quem carrega esse sorriso não teremos conseguido sucesso nesse tratamento.

 

Quando esse tratamento é indicado

- Alterações de cor
- Alterações de forma
- Alterações de posição
- Alterações de volume
- Fechamento de diastemas (espaços entre os dentes)
- Alterações de textura da superfície dental, como no caso de inúmeras restaurações esteticamente insatisfatórias
- Defeitos estruturais de esmalte e dentina (hipoplasia de esmalte, dentinogênese imperfeita causada por medicamentos)
- Fraturas dentárias
- Casos de falta congênita do incisivo lateral quando o canino é transportado para a posição do incisivo lateral
- Recessão gengival acompanhada de exposição da dentina
- Reconstrução da mordida e do comprimento dos dentes em casos de desgaste por bruxismo ou outros hábitos parafuncionais.

Gostou? Compartilhe