Lentes de contato dentárias

Medicina & Saúde - Ouvir falar em lentes de contato para corrigir problemas visuais certamente a grande maioria das pessoas já tenha conhecimento. Mas e sobre lentes de contato para os dentes? Elas são a mais nova alternativa para quem quer corrigir algumas imperfeições com ótimo resultado.

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Pesquisas comprovam que muitas pessoas deixam de sorrir por se sentirem constrangidas porque seus dentes têm manchas, estão amarelados, desalinhados, têm falhas ou não possuem contorno estético. Se há alguns anos as facetas cerâmicas impressionaram o universo da Odontologia Restauradora com a possibilidade da transformação estética de sorrisos por meio de desgastes dentários mínimos, hoje com as "lentes de contato" dentárias são uma das uma grandes das novidades do segmento. Com elas é possível solucionar todos esses tipos de problemas, de uma forma menos agressiva e praticamente indolor, e realizar o desejo de quem procura um sorriso bonito e uniforme.

Formadas por finas lâminas de porcelana, são aplicadas sobre a superfície do dente para recobrir essas irregularidades. As lentes de contato são confeccionadas uma a uma, em um processo delicado e artesanal de escultura e montagem e depois são cimentadas na superfície de cada dente com material adesivo adequado.

“Por se tratarem de lâminas ultrafinas não podem ser indicadas em todos os casos. O paciente deve apresentar dentes hígidos ou com a presença de mínimas restaurações, sem alterações de cor e relativamente bem posicionados. Do contrário, facetas convencionais devem ser a estratégia restauradora selecionada”, explica a especialista em dentística Simone Beatriz Alberton.

De acordo com ela, a diferença principal reside na espessura das facetas e consequentemente na diminuição da quantidade de desgaste dental necessário. “Enquanto que para as lâminas ou facetas convencionais é necessária uma espessura mínima de 0,8 mm, para as lentes de contato, essa espessura pode ser de apenas 0,1 a 0,3 mm. Isto possibilita fazer o tratamento sem desgaste ou com desgaste mínimo da estrutura dental”, destaca.

 

 

 

Entrevista

Medicina & Saúde – O que são lentes de contato dentais?

Simone Beatriz Alberton – Lentes de contato dentais são facetas ou lâminas de porcelana e são assim denominadas por apresentarem uma espessura extremamente delgada (0,1 a 0,3 mm) semelhantes às lentes de contato oculares.

 

Medicina & Saúde – Em que casos são indicadas?

Simone Beatriz Alberton – Este tipo de tratamento está indicado àqueles pacientes que desejam obter um sorriso belo e harmonioso sem prejuízo às estruturas dentais naturais. Está bem indicado também àqueles pacientes com desgastes dentais ou àqueles que desejam um sorriso mais atraente e luminoso.

 

Medicina & Saúde – Trata-se de uma técnica muito difícil?

Simone Beatriz Alberton – A técnica é extremamente delicada e exige do profissional habilidade, conhecimento e extremo bom senso. Ainda, o profissional que se propõe a executar este tipo de tratamento deve aliar-se aos melhores ceramistas do País a fim de garantir os melhores resultados aos seus pacientes. Graças as ferramentas digitais de comunicação é possível enviar trabalhos para ceramistas renomados e obter tratamentos de excelência como os das atrizes e modelos do centro do País.

 

Medicina & Saúde – É possível encontrar este tipo de tratamento em Passo Fundo?

Simone Beatriz Alberon – Com  certeza. Profissionais especializados em Dentística são capazes de oferecer este tipo de tratamento aos pacientes. Em Passo Fundo, o CEOM (Centro de Estudos Odontológicos Meridional), através do curso de especialização em Dentística, tem difundido esta técnica aos cirurgiões-dentistas na região sul do País.

Gostou? Compartilhe