Três meses após o primeiro registro de coronavírus no município, número de hospitalizados tem batido recordes

Escrito por
,
em

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

No dia 25 de março de 2020 Passo Fundo confirmou o primeiro caso do novo coronavírus na cidade. Hoje (26), pouco mais de três meses depois, a cidade tem 1626 casos confirmados, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e 41 moradores vítimas da Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Passo Fundo confirmou mais cedo que 1610 pessoas estavam com vírus na cidade. Desses, 1262 pacientes já estão recuperados e 307 casos seguem ativos. A cidade também tem 183 casos em análise e 5283 testes negativo. No entanto, chama a atenção o número de hospitalizados, que tem batido recordes. 

Image title

Internações

O número mais alto de pessoas hospitalizadas, 88, foi atingido na segunda-feira (22). Na quinta-feira (25), a cidade estava com 86. Nas duas datas, 36 dos pacientes estavam em UTI, outro recorde. De acordo com a SES, a ocupação dos leitos, na atualização das 17h05, era de 83.9% em Passo Fundo, apesar da maioria, 59.6%, estar ocupada por pacientes não Covid-19. “O aumento progressivo dos casos é decorrente da progressão da doença em Passo Fundo e Região. Torna-se necessário manter as medidas de distanciamento social e higiene respiratória”, afirma a Vice-Diretora Técnica Médica do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), Cristine Pilati Pileggi Castro. No hospital, dos 30 leitos de UTI Adulto, 26 estão ocupados, assim como 41 dos dos 66 leitos clínicos.

Image title


Expectativa de aumento

O diretor técnico do Hospital de Clínicas, Juarez Dal Vesco, afirma que “aumentou o número de internações, porém por pacientes da região. O número de Passo Fundo mantém-se estável”. No hospital, 14 pacientes confirmados ou suspeitos da Covid-19 estão internados em UTI e  12 pacientes em leitos clínicos.

A expectativa é que haja um aumento de casos nas próximas duas semanas, mas o médico afirma que o HC está  preparado para atender essa demanda. Além disso, caso haja a necessidade de ampliação de novos leitos Covid, Dal Vesco afirma que o hospital disponibiliza de área física.

Quanto aos tratamentos utilizados no hospital, o médico explica que a doença apresenta fases de desenvolvimento, “e o tratamento é de acordo com cada fase". Estão disponíveis para tratamento da Covid-19 no hospital antibióticos, antivirais, anticoagulantes, hidroxicloroquina, corticoides, etc.

Estado

O Rio Grande do Sul registrou na quinta-feira 1.079 novos casos da Covid-19 e o total chegou a 23.060. O estado tem 500 em decorrência da doença. Não foram divulgados novos números relativos a mortes e de pessoas internadas no estado ontem. “A causa é um problema no acesso e na exportação do banco de dados do Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe), onde os casos graves e óbitos são notificados”, explicou a Secretaria. A Taxa de Ocupação de Leitos UTI em Geral no estado segue em 70,3%.

Gostou? Compartilhe