Prefeitura de Pontão adota bandeira laranja

Município está com regras flexibilizadas até o dia 20 de julho; decreto estadual permite progressão na cor

Por
· 1 min de leitura
Divulgação/ON Divulgação/ON
Divulgação/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Sem hospitalizações ou mortes provocadas pelo coronavírus nos últimos 14 dias, a Prefeitura de Pontão afrouxou as regras ao adotar a bandeira laranja para o município, mesmo sendo pertencente à macrorregião Norte, sinalizada com bandeira vermelha pelo governo estadual.

As novas medidas, em conformidade com o permitido dentro da coloração estabelecida pelo modelo de Distanciamento Controlado, é válida até a próxima segunda-feira (20) quando o governador Eduardo Leite (PSDB) deve anunciar o mapa de bandeiras definitivo para os municípios gaúchos após a rodada preliminar a ser anunciada nesta sexta-feira (17) com prazo de recurso até o domingo (19).

De acordo com o decreto, em vigor desde a segunda-feira (13), a mudança que permite, por exemplo, a abertura do comércio local teve o aval do Comitê de Operações Emergenciais da cidade. “Graças a Deus, o controle de casos no município permitiu que fosse alterada, mas mantemos uma cobrança permanente. Caso contrário, não impede que volte a bandeira vermelha”, afirmou o prefeito de Pontão, Nelson José Grasselli (PT), que testou positivo para a doença em abril.

Governo do Estado autoriza mudança

No final de junho, o Governo do Estado alterou o primeiro decreto sobre o modelo de Distanciamento Controlado. Segundo o novo documento, os municípios localizados em região classificada na Bandeira Final Vermelha poderão, excepcionalmente e mediante ato do Chefe do Poder Executivo Municipal, adotar as medidas sanitárias segmentadas correspondentes aos Protocolos definidos para a Bandeira Final Laranja, desde que preencham, cumulativamente, os requisitos específicos de ausência de novos casos, óbitos e internações hospitalares de pacientes diagnosticados com a Covid-19. “Na prática não mudou nada. Os médicos da família continuam fazendo visitas em casa, evitando o fluxo da população, de estar andando”, disse o prefeito da cidade cuja população é estimada em pouco mais de 3,7 mil habitantes vivendo no centro urbano e interior.

Na lista de municípios que zeraram os casos de coronavírus na Macrorregião Norte, e estão autorizadas a rever por decreto próprio as determinações do estaduais, mais de 30 localidades foram incluídas no regime especial do modelo de distanciamento controlado, divulgado pelo próprio governo de Eduardo Leite. Pontão, contudo, foi a primeira a decretar a progressão de bandeira. “O pessoal está ficando no município e evitando se deslocar para áreas mais afetadas pelo vírus. É uma coisa que é imprevisível. Então, se cada um fizer a sua parte, de evitar aglomeração e se cuidar, vamos sair disso o quanto antes”, ressaltou Grasselli.

Gostou? Compartilhe