A alimentação no combate à depressão

Há uma relação direta entre a saúde e o bem-estar físico e mental de uma pessoa

Por
· 1 min de leitura
Crédito:

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O Setembro Amarelo é o mês de conscientização e prevenção do suicídio. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 90% das mortes por suicídio estão ligadas a doenças como a depressão, transtorno por uso de substâncias, esquizofrenia e transtornos de ansiedade. A alimentação tem uma relação direta com a saúde e bem-estar físico e mental de uma pessoa. Existem pesquisas que comprovam que uma boa alimentação tem um papel fundamental na prevenção e no tratamento de doenças, dentre elas a depressão.

 

Alimentação com variedade e equilíbrio
Conforme a nutricionista do Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo, Tamara Becker, uma das causas da depressão está diretamente ligada à alimentação. “Há evidências de que pessoas depressivas possuem níveis plasmáticos menores de ômega-3, por exemplo, em comparação a pessoas sadias”, relata. Para Tamara as escolhas alimentares frequentemente são norteadas por “nosso conhecimento e emoções e tudo isso é influenciado pelo ambiente que nos rodeia”. Para aqueles que possuem depressão, a nutricionista destaca que “não há uma dieta específica ou único alimento capaz de interferir na doença, mas uma alimentação com variedade, moderação e equilíbrio pode ser implementada”. Tamara evidencia que “a nutrição surge para estes pacientes como um tratamento alternativo ou complementar, visto que alguns nutrientes podem auxiliar”. Vitaminas B12 e B9, o triptofano e o ômega 3 são os principais precursores dietéticos relacionados à depressão e a ansiedade, através do eixo neurotransmissão e alimentação.

Gostou? Compartilhe